Com uma carreira artística com cerca de duas décadas, dentro da qual se podem destacar os dezanove anos como solista do Remix Ensemble da Casa da Música (do qual é membro fundador), o portfólio discográfico do clarinetista Victor Pereira inclui mais de duas dezenas de discos editados dedicados à música contemporânea. Destes destacam-se o disco “CONCERTO” com gravações ao vivo com o Remix Ensemble de obras de Elliott Carter, Jorge Peixinho e Pascal Dusapin, o disco “Mo(vi)mentos” com peças para clarinete solo de compositores portugueses e mais recentemente o disco “Metal” do duo 2RV (com o clarinetista Ricardo Alves). A prestigiada revista londrina de crítica musical “Gramophone” incluiu o disco “PASCAL DUSAPIN AO VIVO 2012” (editado pela Casa da Música), da qual faz parte a participação de Victor Pereira como solista em “Aria” de Pascal Dusapin, na sua restrita lista de Escolha dos Críticos do Ano 2013. Gravou obras de Emmanuel Nunes, Miguel Azeguime, António Pinho Vargas, Nuno Corte-Real, Jorge Peixinho, Bernhard Lang, James Dillon, Brice Pauset, Johannes Maria Staud, Klaus Ib Jorgensen e Wolfgang Miterer para as editoras Numérica, Casa da Música, Westdeutscher Rundfunk WDR, Villa Concordia, Da Capo, Aeon e Col Legno.
Victor Pereira é, desde 2000, solista do Remix Ensemble Casa da Música, onde trabalhou com maestros como Stefan Asbury, Ilan Volkov, Kasper de Roo, Pierre-André Valade, Rolf Gupta, Peter Rundel, Jonathan Stockhammer, Jurjen Hempel, Matthias Pintscher, Franck Ollu, Reinbert de Leeuw, Diego Masson, Emilio Pomàrico, Paul Hillier, Peter Eötvos apresentando-se nas melhores salas nacionais e em cidades como Valência, Barcelona, Madrid, Ourense, Huddersfield, Estrasburgo, Paris, Orleães, Bourges, Toulouse, Reims, Antuérpia, Bruxelas, Milão, Budapeste, Norrköping, Viena, Witten, Berlim, Colónia, Zurique, Hamburgo, Donaueschingen, Roterdão, Amesterdão e Luxemburgo, incluindo festivais como Wiener Festwochen e Wien Modern (Viena), Agora (IRCAM – Paris), Printemps des Arts (Monte Carlo), Musica Strasbourg e Donaueschinger Musiktage.
Como solista o seu repertório inclui obras de W. A. Mozart, C. M. von Weber, Elliott Carter, Pascal Dusapin, Pierre Boulez, Georges Aperghis, Telmo Marques, Hanspeter Kyburz, Oscar Navarro, entre outras. Na vertente da música de câmara, atualmente integra o duo 2RV com o clarinetista Ricardo Alves e toca também em duo com o pianista Vítor Pinho. Foi também convidado a colaborar com a Orquestra Nacional do Porto, Orquestra Sinfónica da Galiza, Orquestra Gulbenkian, Filarmonia das Beiras e o Ensemble Orquestral do Porto.
É professor de clarinete e música de câmara na Academia de Música de Castelo de Paiva e na Escola Profissional de Música de Espinho. Colaborou também como professor com o Instituto Piaget e com a Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo – IPP. É regularmente convidado a orientar masterclasses e foi convidado como membro do júri no “Concurso Internacional de Fafe”, “Concurso Nacional de Clarinetistas da Associação Portuguesa do Clarinete” e no “Prémios Jovens Músicos da RDP”.
É coordenador artístico da Academia Ibero-Americana do Clarinete que se realiza anualmente em Castelo de Paiva (Portugal).
Depois de estudar na Academia de Música de Castelo de Paiva, Victor Pereira continuou a sua formação na Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo do Instituto Politécnico do Porto. Ao longo do seu percurso académico trabalhou com Agostinho Vieira, Luís Carvalho, Luís Silva, Nuno Pinto e concluiu a Licenciatura na classe do professor António Saiote, tendo-lhe sido atribuído o prémio “Fundação Eng. António de Almeida”. Detém ainda, desde 2006, o grau de Mestre em “performance musical” pela Universidade de Aveiro, onde trabalhou com Alain Damiens.
Foi premiado em vários concursos dos quais se destacam: o 1º Prémio no “II Concurso Nacional de Jovens Clarinetistas” (nível superior), organizado pela Associação Portuguesa do Clarinete; 3ºPrémio no “I Concurso Internacional de Clarinete do Porto”, no qual lhe foi também atribuído o “Prémio do Público”, 3ºPrémio no “Concurso Jovens Músicos” (nível superior) da RDP, 2º Prémio na categoria de música de câmara (nível superior) no concurso “Jovens Músicos” da RDP e finalista no “3rd Osaka International Chamber Music Competition & Festa”, no Japão.

         

 

Thumb

Portfolio #3